quarta-feira, 14 de maio de 2008

Jane Hirshfield

Árvore



É um disparate
deixar uma jovem sequóia
crescer junto a uma casa.

Até neste
tempo de vida
vais ter de escolher.

Esta grande tranquilidade de existir,
esta desordem de panelas de sopa e livros -

E já as primeiras pontas dos ramos tocam a janela.
Suavemente, calmamente, imensamente sangram a tua vida.



(versão minha)

Sem comentários: