sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

David Budbill

Os três objectivos



O primeiro objectivo é ver a coisa em si,
nela e por ela,vê-la simples e claramente
pelo que ela é.
Nenhum simbolismo, por favor.

O segundo objectivo é ver cada coisa em particular
como una, uma só, entre todas as outras
dez mil coisas.
Deste ponto de vista, algum vinho ajuda imenso.

O terceiro objectivo é vincular o primeiro e o segundo objectivos,
ver o universal e o particular
em simultâneo.
Quanto a este, chama-me quando o alcançares.



(Versão minha; original reproduzido em Good poems, selecção e introdução de Garrison Keillor, Peguin Books, Nova Iorque, 2002, p. 225)

Sem comentários: