quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Gareth Owen

Sem empreghabilidade



"Eu eshtumava tabalhá no cicu",
Disse ele
Por entre as saraivadas de gafanhotos expelidos pela sua boca.
"Oh", disse eu, "e o que fazia?"
"Eu eshtumava apanhá balash cosh dentsh".



(versão minha; original reproduzido em Strictly private - an anthology of poetry, selecção e organização de Roger McGough, Peguin/Puffin Books, Harmondsworth, 5ª reimpressão, 1987, p. 157

1 comentário:

Jota disse...

Isto é que é... "trabalhar no trapézio".